Olá, pessoal! Meu primeiro texto aqui no Integraê e nada mais justo que começar cumprimentando vocês, com quem espero me relacionar pelos próximos meses, entre textos, respostas, ideias e diálogos, espero ter uma relação próxima com cada um, os LEITORES que fazem este monte de palavras ganharem sentido e constroem este amplo mundo universitário.

Tanta coisa pode ser dita sobre Atléticas Universitárias, n possibilidades podem ganhar sentido quando transferidos de um canto da faculdade para ambientes externos. Vida pessoal, profissional e tantos pontos se misturam ao se falar disso, que é difícil descrever o que se passa e o que sentimos quando estamos inseridos em meio a tantos jogos, projetos e festas, provas, ideias e testes. Um verdadeiro turbilhão de atividades e emaranhado de sentimentos que guiam bons anos de universidade.

Neste primeiro momento, resolvi falar de algo que pauta muitos meses de nosso período em Atléticas e proporcionam vários dos grandes e mais trabalhosos momentos: os JOGOS UNIVERSITÁRIOS. Sendo eles momentos únicos que mesclam trabalho e diversão, a busca por escrever a história e realizar boas campanhas, a chance de um lugar no pódio.

Entre os grandes desafios, está um que antecede os Jogos e consiste na escolha da cidade-sede para o evento, algo muitas vezes relegado, mas que tem peso importantíssimo para o bom andamento e o sucesso da competição. Aqui vão alguns pontos que devem ser levados em consideração para a escolha da cidade-sede dos Jogos Universitários.

  1. Boa estrutura esportiva

Muitas vezes as pessoas se esquecem, mas os Jogos Universitários têm como fundamento básico a disputa esportiva e isso deve ser levado em consideração como imprescindível para a realização de qualquer evento. Portanto, é importante que sejam selecionadas cidades que consigam sediar os Jogos.

Quadras, campos, piscinas, pistas, entre outros, devem ser avaliados a fim de se escolher o melhor local para disputa da competição. As instalações devem ser amplas e permitir as disputas de todas as modalidades propostas em bom nível. Além disso, são interessantes cidades que ofereçam complexos com várias modalidades disponíveis, otimizando a logística das Atléticas durante a competição.

  1. Boa estrutura para festas

Apesar da alma dos Jogos serem as competições, é inegável que as festas promovidas atraem grande público e é importante que a estrutura para elas sejam a melhor possível. Tendas/Arenas diurnas, Festas noturnas e/ou qualquer outra forma de entretenimento oferecida devem ser em locais que permitam uma boa estrutura tanto para atrações quanto para o público. Locais amplos e que tenham capacidade para receber o público estimado são fundamentais.

  1. Raio dos Jogos

É importante que o raio onde acontecem os Jogos seja acessível, ou seja, permita que as Atléticas participantes e o público acessem os complexos esportivos, alojamentos e locais de festas com facilidade, sem demandar grandes deslocamentos.

É claro que é praticamente impossível que todos os locais sejam próximos, mas quanto mais forem, melhor será para o público e as Atléticas que não terão grandes problemas em ir para os locais desejados. Pensando pelas AAAs, o deslocamento é mais fácil e a logística – principalmente – das partidas disputadas é favorável, ajudando nos principais desafios diários.

  1. Clima de Jogos

Assim como em uma Copa do Mundo ou em Olimpíadas, é importante que as cidades-sedes vivam os Jogos, entendam o que está acontecendo e aceitem que serão alguns dias em que a órbita municipal estará diferente. Disputas esportivas e festas indescritíveis acontecerão e é preciso que o povo entenda isso.

A presença de uma Atlética da cidade-sede participando dos Jogos, ajuda neste processo de tolerância às competições. Além disso, cidades populares e acostumadas a receber vários eventos universitários, também abraçam com mais facilidade os eventos.

  1. Peça-chave para a disputa esportiva

Fugindo da hipocrisia, os Jogos podem ser em qualquer lugar do mundo e em qualquer formato, mas o objetivo principal não deixa de ser o título. Portanto, as Atléticas participantes têm que levar em conta todos os pontos acima para a escolha da cidade-sede, mas sem se esquecer do objetivo final: O TROFÉU.

É importante a escolha de uma cidade que valorize os Jogos, mas que também te proporcione boas chances de disputa, pois o campeonato começa antes dos dias de Jogos, mas em suas preparações e um ponto importante é na escolha de cidades que te permitam levar bons públicos e boas equipes para a disputa.

Posto isso, antes de determinarem a cidade-sede de algum Jogos, lembrem-se do que será melhor para os Jogos e para as Atléticas envolvidas. Escolham uma cidade que permita o crescimento de ambos e a satisfação do público.

Tweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here