O foco de hoje é atlética! (que novidade né Jô). E a gente vai misturar essa parte boa, maravilhosa, divertida e incrível junto com o terror do último ano: o TCC!

Mas cara, isso é possível? Gente isso é possível e é real! Mais da metade da galera da facul não tem ideia da quantidade de atividades voltadas à administração e planejamento que as atléticas fornecem diariamente como experiência. Seja ela uma atlética grande ou pequena, de campus ou específica, a gama de trabalho desenvolvido durante todo o ano, em todos os eventos, é tão grande que eu garanto para vocês, é uma aula prática de tudo que a gente aprende em sala.

E aí, eu tava aqui pensando que desde que eu conheço essa coisa toda de atlética (e que faz um tempinho já hehe), aquele preconceito de que “isso não te da futuro”, tem caído cada vez mais. Primeiro porque como eu disse anteriormente a atlética é uma fábrica de profissionais, e depois porque o mercado de trabalho já tem enxergado isso. Muitas entrevistas e contratações tem levado em consideração as experiências da gestão administrativa das atléticas, e muito real, isso no curriculum tem aberto portas para os recém-formados em grandes empresas.

Porém, até chegar nas entrevistas de estágio/emprego, a gente tem que passar pela prova de fogo, de paciência e de resistência chamada TCC! Terror dos últimos instantes da universidade, o trabalho de conclusão tira o sono, humor e a vida da maioria dos universitários e nem sempre os temas ajudam a tornar menos torturante essa fase acadêmica. Mas agora está tudo mudado! Essa mesma galera que tem mostrado que a bagagem das atléticas é somatória no futuro profissional, tem incluído cada vez mais o estudo destas instituições que são extremamente relevantes no período acadêmico e disseminado o estudo sobre as atléticas. O que eu quero dizer com isso? GENTE, tem TCC sobre atlética SIM e é TCCzão da po**a!

Um trabalho incrível (e que eu recomendo como estudo para qualquer diretoria) é o trabalho de conclusão do Guilherme, lá de Brasília. Formado em Administração pela UnB, ele fez um estudo sobre gerenciamento das Associações Atléticas Acadêmicas do Distrito Federal, e que mesmo sendo co-fundador e diretor financeiro da atlética, encontrou como um grande desafio a falta de base investigativa sobre o tema, em contrapartida foi abraçado pela banca que além de curtir muito o estudo desenvolvido reconhece que  as atléticas são instituições que promovem o esporte e a integração na vida acadêmica e uma gestão eficiente dessas associações está diretamente ligada ao sucesso delas (empresas > gestão eficiente > sucesso), aula prática, né não?

Outro exemplo real é a Camila, cursando Comunicação Organizacional na UnB, que descobriu em um convite como dupla de TCC uma paixão que tava escondida, mas que cresceu a ponto de fazer parte da atlética ainda em tempo. Hoje, atual diretora da equipe de cheerleading (já amei ela), seu TCC está em fase de desenvolvimento com levantamento de dados através de questionários com a própria galera da facul sobre o tema de Produtos de Comunicação. E o resultado disso pode e vai ser enorme, afinal, como ela mesmo disse, “Estamos desenvolvendo para nossa faculdade tudo que a gente sabe da nossa profissão e o que aprendemos lá, esse estudo e aplicação é uma forma de devolver para a comunidade acadêmica o que aprendemos, ainda mais a atlética que é pura integração e promoção”.

E retomando aquele discurso que “isso não dá futuro”, e que fato é que caiu total, atléticas ganham cada vez mais espaço no estudo, não somente pelo trabalho e experiência que a gente caaaaansa de falar aqui, mas pela seriedade de tudo que é desenvolvido. Inspirada nesse universo e sobre essa galera que eu li, conversei e descobri, fui contaminada definitivamente por levar em consideração tudo que eu vivo dia a dia como diretora e adivinhem: meu TCC tem um rumo e é atléticaaaa \o/ (previsível pra quem me conhece né).

Contaminem-se também, as atléticas são nossas aprendizagens diárias de trabalho em equipe, liderança, companheirismo e superação que nenhum artigo e nenhuma sala de aula ensina.

Tweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here