Fala, galera, tudo bem com vocês? Hoje temos um assunto importante para conversar: network na faculdade. Vocês certamente já sabem do que estamos falando, portanto, o papo aqui é mostrar a importância e como construir essa rede de contatos.

Começar a construir uma network enquanto você ainda está na faculdade vai fazer a diferença na hora de procurar um emprego e vai contribuir para sua ideia de empreendedorismo. É importante estabelecer uma rede de contatos que vai ajudar na sua carreira e que possa ajudar no seu desenvolvimento profissional.

Já deu para perceber que a network deve ser uma prioridade na faculdade. Chegar ao mercado sem networking pode ser um dificultador. Você não quer passar por isso, certo?

Para ajudar, a gente preparou algumas dicas para você começar a criar sua network na faculdade e entender o quanto isso pode ser um diferencial no seu futuro. Preparado? Então, vamos lá!

A importância de um mentor

Esse é o cara que vai orientar você nos seus passos acadêmicos e profissionais. Mentor é uma espécie de conselheiro, que serve de inspiração e vai estimular suas ideias e seus projetos.

Procure uma pessoa que desperte essas sensações em você. Nem sempre aquele cara descolado e que gosta de um papo é a pessoa ideal para ser um mentor. Busque alguém que possa realmente ajudar você na sua carreira. Pode ser um professor, um profissional experiente, um parente ou até mesmo uma pessoa que você não conhece, mas que tenha sido indicada por alguém.

Aproximação com os professores

Este é um ponto importante. Não pense nos professores apenas como aquela figura que está na sala para cobrar seus trabalhos e dar aula. Eles podem ser extremamente úteis no futuro.

Professores conhecem muita gente e alguns também têm carreira no mercado. Isso é fundamental para quem está formando sua network. Procure se destacar de forma que seu professor lembre de você quando souber de uma vaga de estágio ou emprego.

Eventos acadêmicos

Os eventos acadêmicos são fundamentais na formação da sua rede de contatos. Eventos atraem empresas, profissionais e pessoas com os mesmos interesses profissionais que você e seus colegas.

Participar não é apenas ir ao evento e marcar presença no auditório. Você tem que circular, conversar, apresentar-se, mostrar interesse no que os outros fazem, indicar o que pretende e expor ideias. Projetos de empreendedorismo costumam nascer dentro das faculdades. Pense nisso!

O mercado de trabalho

Quanto mais cedo você ingressar no mercado de trabalho, melhor. O estágio abre portas não apenas para enriquecer seu currículo, mas também coloca você em contato com profissionais da área.

Trabalhar durante a faculdade permite ganhar experiência e trabalhar sua network pensando no futuro. É dessa rede que pode sair uma proposta de efetivação ou de emprego. Sacou a importância?

Perfil no LinkedIn

A gente sabe que você tem várias redes sociais, mas esta é diferente. Voltada para o meio profissional, ela cria redes entre os perfis, o que aumenta seu alcance.

Criar um perfil ainda na faculdade é uma boa maneira de mostrar ao mercado quais são suas intenções. Siga empresas da sua área e profissionais que o inspiram.

Mas cuidado: o foco aqui é carreira, nada de fotos da balada. Procure escrever sobre suas perspectivas, ideias e projetos.

As festas e a Atlética também podem ser úteis

Quanto maior a sua rede de contatos, melhor. Afinal, a gente nunca sabe quando vai precisar de alguma pessoa, certo? Um colega de cervejada pode ser um contato importante no futuro. Vocês estão juntos nas festas, mas também têm interesses em comum. Por que não conversar com essas pessoas sobre carreira, mercado e emprego?

Desse papo pode sair uma relação que será útil na vida profissional. Por isso, não despreze a formação da sua rede enquanto está cursando a universidade. E vale, sim, participar da Atlética; é o local ideal para aprender muito e criar uma rede.

E aí, o que achou das dicas? Está pronto para começar a criar sua network? Aproveite e curta nossas redes sociais para não perder nenhuma atualização: estamos no Face e no Instagram!

Tweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here