Para a maioria dos universitários, o mês de julho (por enquanto) ainda é sinônimo de férias, certo? E com ele, fica para trás o primeiro semestre do ano, cheio de experiências e, SEM DÚVIDAS, com os feriados mais insanos vividos nos jogos universitários. Só no estado do Paraná, foram realizados mais de cinco jogos estaduais de diferentes áreas de formação que, além de movimentar a economia das cidades-sedes, deixam a gente morrendo de saudades!
No entanto, o segundo semestre tá colando aê e abençoado sejam os jogos que com ele chegam!
Já é de costume de muitos estados as realizações das maiores competições inter atléticas acontecerem nos feriados do início do ano, assim, os jogos mais centralizados começaram a ganhar espaço e hoje dominam algumas regiões com o mesmo entusiasmo dos maiores eventos após o recesso do meio do ano. Provas concretas disso são os “Joias”, que somaram em 2016, sete realizações no segundo semestre no Paraná, em diferentes regiões.
Esse crescimento absurdo e essa adesão aos jogos universitários centralizados vem ganhando cada vez mais espaço, como comenta o Matheus Moro ex presidente da Atlética das Engenharias de Medianeira e fundador do JOIA OESTE: “Em 2011 quando criado, o Joia Oeste queria não somente abraçar as inúmeras atléticas que estavam surgindo e que em sua maioria não participavam dos Jogos Jurídicos, Engenharídas e Intermed Sul, mas também ocupar o tempo ocioso em que as associações passavam na segunda parte do ano. A ideia não poderia ter dado tão certo, hoje o evento é um dos maiores jogos universitários do estado e com previsão de muito crescimento em público e em nível esportivo”.


Com o objetivo de promover essa integração entre atléticas de diferentes cursos e áreas, essas competições tem se tornado a principal porta de entrada para atléticas novas ou recém criadas, que acabam ganhando a oportunidade de ingressar em jogos relativamente menores para pleitearem vagas futuramente nos campeonatos específicos e de maior dimensão, já mais estabilizadas e com experiência. E diante desse ciclo de jogos, eventos como estes além de se multiplicarem cada vez mais, acabam automaticamente incentivando desde as menores cidades até os cursos com menos alunos a fundarem associações atléticas que os representem, e isso é a disseminação do amor pela camisa que a gente veste todo dia como universidade e profissão!


E, enquanto o próximo semestre está carregando, as diretorias, ligas esportivas e comissões organizadoras já estão a todo vapor para trazer pra gente as mesmas sensações, atrações e disputas dos feriados anteriores que só nos estados de São Paulo, Minas Gerais e Paraná vão somar pelo menos 16 competições a partir de agosto deste ano até novembro. É jogos para todos os gostos e claro pra gente não morrer de saudades!
Então é hora de começar a economia tuuuudo de novo preparando o bolso, o fígado, folego e coração que vai ter jogos SIMMM e não são poucos!

Tweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here