Faltam oito dias para a 12ª edição da mais tradicional competição entre atléticas de Direito do Paraná.  O Jogos Jurídicos Paranaense será sediado de 26 a 29 de maio na cidade de Cascavel (PR) e espera um público de 3,5 mil universitários, para quatro dias de jogos e três noites de festas.

O evento é marcado pelo espírito de rivalidade entre os atletas, que se preparam o ano todo para as competições, mas também se destaca pela emoção, diversão e, principalmente, a integração entre os universitários participantes.

 

Você conhece o JJPR?

O Integraê conversou com a presidente da Liga Jurídica Paranaense, Izabella Alves, pra saber um pouco mais sobre os preparativos e expectativas para o JJPR 2016.

Integraê – Como foi aceita a decisão de Cascavel para cidade-sede do JJPR?

Izabella – Quando começamos a cogitar as possíveis cidades para realizar o JJPR, Cascavel não era a primeira opção da Liga. Após problemas que estavam retardando a resposta de outra cidade, vimos a necessidade de escolher outro local e, por decisão unânime, Cascavel foi votada para sediar o evento. Com a resposta positiva do município e, após conhecê-lo, vimos que a cidade-sede é excelente para a realização do Jogos, não somente pela parte esportiva e alojamentos, mas também pela fácil comunicação com o Poder Executivo do Município.

 

Integraê – O JJPR é o evento esportivo universitário mais tradicional do Paraná. O que a Liga faz para manter a qualidade deste título?

Izabella – Evolução e comprometimento têm sido palavras de honra durante esses 12 anos. Tentamos sempre realizar um Jogos que não seja tão somente para a integração dos acadêmicos, mas uma competição esportiva séria e de alto nível, sem esquecer de sempre trazer melhorias para a cidade-sede, que nos acolhe durante toda a elaboração dos jogos e principalmente nos quatro dias de competição.

A melhora comportamental e esportiva têm sido evidentes nos últimos anos, porém em momento algum deixamos para trás a diversão e a paixão que é fazer parte dos JJPR, isso é o que garante a nossa tradicionalidade.

 

Integraê – Qual é a expectativa da Liga para esta edição?

Izabella – A Liga está ansiosa para que o evento se realize logo, estamos esperando superar o número de pessoas. Acreditamos que em termos esportivos será uma edição muito competitiva, o que traz maior nível e mais emoção à competição. A cidade é excelente para um evento como este, tem uma boa logística e acreditamos que as delegações gostarão muito de Cascavel. Não podemos deixar de citar as festas, que este ano trazem uma das nossas melhores grades de show. Serão três festas open bar que agradarão públicos de todas as tribos.

 

Integraê – Teremos novidades?

Izabella – Difícil superar uma novidade como a grade de shows deste ano, porém planejamento não nos falta. Como já realizado ano passado, teremos a classificação dos melhores atletas dos JJPR, porém o suporte para essa classificação vem aprimorado e mais veloz. Nosso intuito nessa edição é buscar celeridade no início das partidas e, para isso, estaremos acompanhando as equipes de arbitragem durante a realização dos jogos. Esperamos que, com o apoio e realização da Euphoria, possamos trazer mais integração entre delegações, destinando uma área comum para tanto.

 

Integraê – Em sua opinião, qual é a importância de um evento esportivo universitário anual que reúne acadêmicos de todo o Paraná e atléticas de estados vizinhos?

Izabella – A importância de um evento como este é sem dúvidas gigantesca. O desenvolvimento esportivo do estado conta com esse tipo de evento. No entanto, não se trata apenas de uma competição esportiva entre atléticas e sim do amor que cresce dentro de cada acadêmico que está ali representando sua faculdade, inúmeras vezes sem o apoio da instituição (de ensino que cada um representa).

São eventos como esse que fazem valer a pena os cinco anos de vida acadêmica, porque aqui experimentamos o sentimento de paixão e idolatria pela camiseta que representamos. Aqui testamos nossos limites físicos e psicológicos, conhecemos pessoas que, se não fosse pelo Jogos, nunca iríamos conhecer, construímos uma família chamada atlética. É por causa do que vivemos aqui que quando estivermos formados, com filhos e netos, vamos ter inúmeras histórias para contar.

 

Liga Jurídica se prepara para a 12ª edição do JJPR.
Liga Jurídica se prepara para a 12ª edição do JJPR.

 

Saiba mais sobre o JJPR:

  • O Jogos Jurídicos Paranaense será disputado por 20 atléticas, em 22 modalidades, nos 4 dias de competições.
  • As praças esportivas que sediarão as partidas serão:
    • Ginásio Sérgio Mauro
    • Ginásio Louvison
    • Ginásio Neva
    • Ginásio São Cristóvão
    • Clube dos Subtenentes
    • Associação Atlética Copavel
    • A.A.B.B.
    • Faculdade Anhanguera
    • Federação de Judô do Paraná  
    • Estádio Ninho da Cobra
    • Estádio Espigão Azul
  • Os atuais campeões do JJPR são as atléticas da Universidade Estadual de Maringá (UEM), Universidade Estadual de Londrina (UEL) e Universidade Federal do Paraná (UFPR), que conquistaram os 1º, 2º e 3º lugares, respectivamente, na última edição, em Guarapuava.
  • Os vencedores do Desafio de Baterias foram a Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS), seguida pelas atléticas da Universidade Estadual de Londrina (UEL) e a Faculdade de Direito de Curitiba (FDC).

 

Quer saber mais?

 

Gostou desse post? Mande sua sugestão de conteúdo para imprensa@agenciaeuphoria.com.br.

 

 

 

Tweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here