Santo Organizador das Repúblicas, me impeça de sentir preguiça hoje, não me deixe cair na tentação de, novamente, deitar na cama sem arrumar este mausoléu paraíso que é meu quarto.

Tire do meu corpo o ódio por esfregar o chão ou lavar a louça, tire do meu corpo a raiva por ter quebrado uma unha ou cortado o dedo/mão neste ato. Me ajude a ser mais responsável eu sou, quero ser mais e deixar a república em ordem.

Santo Organizador das Repúblicas, me lembre de deixar tudo arrumado para visitas e de não deixar as camisinhas e demais objetos inoportunos à vista das pessoas.

Crie um laço entre varrer a casa e imaginar que várias bactérias estão corroendo meus móveis (ou semimóveis) a cada dia que eu não passo uma vassoura neste maldito chão, ou até aquele pano só com água. ME AJUDE A LEMBRAR QUE EU PRECISO PASSAR UM PANO SÓ COM ÁGUA!

Santo Organizador das Repúblicas, se não puder me ajudar nisso, pelo menos me arrume um emprego que não seja chato e que eu possa ganhar dinheiro para pagar alguma pessoa mais organizada para fazer o que eu não ando conseguindo (me arrume um emprego que eu ganhe sem trampar). 

Em todo caso, já peço perdão porque tô indo deitar e, pela terceira semana consecutiva não arrumei meu quarto. E, só te imploro para não deixar eu perder aquele(a) cara/menina porque eu esqueci de trocar o lençol.

Obrigado (a) Santo Organizador das Repúblicas por me entender. Perdoe-me e não desista de mim. A camisa tá limpa, pelo menos!

Amém.

Tweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Facebook

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here