E aê galerinha do meu coração! Como vocês tão?

Seguinte, o papo hoje é sobre FUNK tem gente que só de ouvir/ler a palavra já tá rebolando a bunda. E como puderam perceber no nosso belíssimo título, por que amamos funk? Também não sabemos, mas vamos tentar explicar porque esse ritmo envolvente e CULTURAL (sim), tá deixando todos loucos de amor e tremelique na bunda.

Óbvio que sempre existiu aquele funk, tipo glamurosa ou aquele da Gigi (quem lembra? Socorro), mas era os funk mais deboas/deboísmo! Aí o proibidão entrou na mente:NÃO! EU NÃO OUÇO ESSES FUNK PUTARIA. Atá. Deu dois anos a pessoa tava alí, enrustida dançando funk na maior malemolência.

20bcc876-2291-49ea-ba6b-40a5442ae6c2

Aí veio 2015, meu Deus. Os jogos foram dominados pelo funk! Mc Delano levou todas as novinhas, os novinhos, os velhinhos e os tímidos para quicarem, pararem, rebolarem, travarem, abrirem, fecharem e ficarem na ponta. HAHA. Teve Mc Rodolfinho mostrando que os muleke é liso (nasss), Tati Zaqui com água na boca e até Livinho alí, com meu bem querer. Eita, gostamos de Livinho sim, queremos!

Foi então que descobrimos Dennis DJ (MEU DEUS, que ano de 2016). O cara se juntou com os melhores do sertanejo e do funk e colocou o povo pra ralar a bunda no chão e descer na boquinha da garrafa, meus queridos. Dennis, te amamos, nunca pare, continue fazendo nossa alegria.

Sabe aquele malandramente? Bumbum Granada (vai taca taca taca taca taca)? Cheia de marra, (Livinho de novo forever), Bang, Essa mina é louca, Que isso, Michael Douglas! Nossa, essas músicas ficaram alí no gosto da rapaziada. Ia numa cervejada tocava mil vezes. Ia num after, tava lá tocando, tava alí curtindo o som dos jogos universitários, rolava um bumbum granada. E a bunda só no tremelique, com vida própria.

Daí começou a sarrada! PRONTO, A LOUCURA TAVA FEITA.

Me entende quem passou o réveillon em praia ou festinha. Que que tocou? DEU ONDA, claro! E explosão também. Na verdade, essas duas músicas estão em primeiro e segundo lugar no ranking das mais tocadas só em 2017, seguidas de Namorar pra que? e Tumbalatum. Mas sendo sinceros, hora que toca deu onda, impossível não fazer a ondinha e dar aquela sarrada no ar!

d28uad

Mas por que é que o funk fez o gosto da galera e até dos mais quietos? É notório que quando toca um funk, seja na rep., na balada, na cervejada, nas calouradas, onde quer que seja, o pessoal se solta! Rola um hiper divertimento e uma contagiante vibe. E agora a galera tá começando a sacar que o funk é uma cultura brasileira mesmo, né?

O ritmo é muito envolvente (Livinho de novo? Noussa), e segundo as girls Priscila e Maria Luisa, a batida é o que torna tudo mais legal, porque isso que diverte, que agita, que torna a coisa interessante, principalmente pra dançar. A gente percebe que os funks de hoje têm coreografias prontas e todo mundo faz, até os meninos. Ah, e elas não ouvem por causa das letras não, até porque convenhamos que tem umas bem tensas, mas sim por causa da animação que o ritmo dá!

Não é porque você escuta aquela música “meu pau te ama”, que você vai ser um babaca, até porque, por exemplo, o MC G15 fez a música pra mina dele e eles têm uma relação de anos! E qual o problema do negócio alí do moço amar a menina? E também não é porque você gosta de dançar e se divertir que você merece ser desrespeitado, saca? Ah gente, good vibes, aproveitem mais o funk e divirtam-se mais. SE SOLTEM!

NÃO SOU ALÊ OLIVEIRA, MAS TÁ DECRETADO: PODE BATER CÁ BUNDA NO CHÃO SIM, E VEEEEEEM JOGOS QUE A GENTE TE QUER! Valeu falou. hoje não é sexta mas pode sim!

622_8cce6687-a764-3a77-b94b-6fad3e2bc824
*Ps.: teve música pra caraca lançada entre 2014 e 2017 que a gente não colocou no post, mas se fizéssemos isso, ia durar até 2018, aí ia ter mais música e olha a EXPLOSÃO (hehe).

*Pss.: descobri que temos um amor por Dennis e Livinho. Novidade? Acho que não.

Tweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here