Para falarmos desse esporte maravilhoso, diga-se de passagem, precisamos começar a história do começo, ou tentar, porque a verdade é que ninguém sabe muito ao certo, mas a maioria das pessoas acredita que o Hockey veio da Inglaterra e foi adaptado no Canadá uns dois séculos atrás.
Jogado com disco (puck) e não com bola, hockey ou em português hóquei, é um esporte coletivo praticado por apaixonados no Brasil! Apaixonados MESMO! A prática de todo e qualquer esporte exige um parcela de amor, a gente que ama as Atéticas sabe muito sobre isso. E para praticar o hockey não é diferente, ou melhor, é.  Precisa de uma parcela BEM GRANDE de amor, isso porque o esporte não é nada popular no país, um dos grandes motivos para gente querer com força esse post.
AH, VAMOS FALAR SOBRE HÓQUEI BEBÊ!
Hockey tem mais de uma “versão”, como por exemplo, hockey no gelo, hockey tradicional ou hockey na grama. A gente vai trocar uma ideia sobre o hockey in-line e um tequinho do seu cenário atual no país.
O hóquei in-line surge num momento que os atletas do ice procuravam manter a forma fora do período da temporada regular, tipo lá pelos anos 90. O que importa mesmo é que surgiu real OUTRO esporte, o hockey no gelo mundialmente conhecido pelos jogos da NHL, isso, aqueles que rola umas violências, nariz sangrando, o gelo ficando vermelho e os juízes aparentemente não fazendo nada, então, não tem muito a ver com o hockey in-line, que procura em seu regulamento estabelecer regras que façam com que os jogadores pratiquem um esporte com alta velocidade e pouco contato. O jogo é RÁPIDO! É uma das coisas que mais me encanta.
Esse ano, o Brasil teve grandes novidades, princialmente no que se diz respeito aos campeonatos. Além dos tradicionais campeonatos estaduais e brasileiro organizados pelas federações/confederações, temos também, alguns “opens” campeonatos independentes, copas e torneios, mas o grande diferencial mesmo tem sido os campeonatos da LIGA (LIGA BRASILEIRA DE HÓQUEI) campeonatos femininos e masculinos com calendários e regras autônomas.
A LIGA se afirma enquanto empresa que tem como objetivo profissionalizar o esporte no país e já mostra seu trabalho com a Seleção de alto rendimento feminina da Liga Brasileira de Hóquei e participação no CONFINES (Conferencia Internacional de Esporte e Saúde) unindo ciência e esporte, tudo a ver com nóis, universitários. Aliás o CONFINES tá rolando nesse momento lá em Brasília e vai até dia 28/10.  O trabalho da Liga não chama só atenção dos atletas, mas também da mídia, sendo comentada mais de uma vez na ESPN.
O ESPORTE É IRADO e tem tudo para crescer! Imagina um dia ele ser disputado nos nossos tão amados INTERS? Quem sabe a gente não chega lá. Por enquanto pra quem ficou interessado fica alguns links para lição de casa:

Tweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here