Os esportes eletrônicos estão dominando o planeta Terra e talvez outros planetas também nunca se sabe, por isso hoje, o Integraê junto do Balielo, que além de DJ é fanático por e-sports, vai contar pra vocês as últimas novidades sobre CBLoL, MSI, Dota 2, Liga Universitária e o mais novo projeto: a University Gaming League!

Bora ver?

Vamos começar com o CBLoL. A final do primeiro split rolou no dia 08 de abril, no Classic Hall em Recife. Em uma série implacável, a Red Canids desbancou com um sonoro 3×0 o dream team da Keyd Stars e garantiu sua vaga no MSI. O segundo split contará com três novas equipes: a ProGaming E-Sports, INTZ Genesis, que foi vendida para a Team One e a T Show, vencedora do Circuito Desafiante. O início está programado para este segundo semestre.

Agora o MSI, ou Mid Season Invitational. O campeonato começou no dia 28 de abril, em São Paulo. A Red Canids, mesmo tendo um bom desempenho, acabou perdendo para os australianos e já desclassificados Dire Wolves, no entanto, mesmo após a derrota, a torcida da Red não parou de apoiar e nem gritar pelo time (isso que é amor). Quem avançou foi o time da GIGABYTE Marines, Vietnamita, a TSM da região América do Norte e a Flash Wolves, da LMS, se juntando as pré-classificadas, SKT T1, da LCK, G2 da LCS Europeia e a Team WE, da LPL. A sequência da competição ocorre no Rio de Janeiro, atualmente nas semifinais, com SKT T1, G2, Team WE e Flash Wolves. De acordo com o regulamento, a premiação mínima será de US$ 1 milhão, sendo US$ 250 mil providenciados pela desenvolvedora e US$ 750 mil vindos da comercialização dos itens virtuais. O valor poderá ser maior, conforme a venda das skins. Em 2016, o prêmio total foi de US$ 450 mil, sem financiamento coletivo, totalmente bancado pela Riot.

Alguém aí curte Dota 2? A gente queria dizer que o Brasil é f*da em Dota 2 também. Aqui não existe somente equipes de LOL que participam internacionalmente de MOBA’s. No Dota 2, a brasileira SG e-Sports atingiu uma marca histórica recentemente com a melhor campanha da América do Sul no cenário competitivo do Dota 2. Arrancando uma vitória da Evil Geniuses, vencedora do The International em 2015 e derrotaram a Team Secret, campeã do Major de Xangai 2016, a equipe brasileira caiu nas quartas de final do torneio na Ucrânia, mas quem liga? Olha o que os caras fizeram, né?

O que vocês acham de universitários competindo à nível de esportes eletrônicos? A gente vai entrar no assunto final do texto de hoje com uma super notícia/novidade. Vocês já ouviram falar da University Gaming League? Jura que não? Então dá uma olhada nesse vídeo:

Vocês perceberam que a UG League é totalmente voltada para as Atléticas Acadêmicas, né? Sendo assim, galerinha, preparem seus computadores, seus itens de jogo e aguardem, porque um novo evento está chegando por aí e promete ser ÚNICO!

Tweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Facebook

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here