E aí, galera, tudo beleza? A vida anda bastante corrida, não é mesmo? Parece que precisamos de 48 horas num dia, mesmo acordando super cedo para começar a dar conta das coisas e, ainda assim, é complicado. O dia fica embolado e você não sabe o que faz primeiro. E aí é que vem a sugestão: que tal estabelecer prioridades?

Pois é, pode parecer só conversa fiada, mas resolve mesmo! Escolha fazer primeiro as coisas mais urgentes e depois aquelas que não têm tanta pressa para serem resolvidas. Isso é bem simples e fácil de fazer, que ver só!? Vamos lá!

1. Agrupe tarefas de acordo com o contexto

Por exemplo, se você tem lições para fazer no dia, faça uma lista de todas as que devem ser realizadas em uma única lista. Dessa forma, você conseguirá realizar as tarefas mais rapidamente e de forma mais eficiente.

Essa é a proposta do método GTD (Getting Things Done) ou, em bom português, a arte de fazer acontecer. Ele foi criado pelo norte-americano David Allen e se baseia em 5 passos:

  1. capturar: tirar as informações da cabeça e passar para um papel;
  2. esclarecer: analisar cada uma das tarefas que foram anotadas;
  3. organizar: ordenar essas listas dentro de um contexto e deixá-las num local acessível;
  4. refletir: esse é o momento em que definimos quais são as prioridades, quais tarefas são as mais importantes;
  5. engajar: sentir-se tranquilo por estar fazendo o mais importante e não estar distraído pelo fato de que deveria estar realizando outra tarefa.

2. Estude as matérias mais chatas logo

Sempre acontece de ter aquela matéria chata durante o semestre. Mas não há muito o que fazer, né? Você precisa passar na disciplina para não ter que fazê-la novamente (ninguém merece). Então, a dica é estudar logo o que você menos gosta.

Quando a gente começa a estudar, estamos com mais gás e mais disposição. Precisamos aproveitar esse primeiro momento para dar conta da matéria que é uma pedra no sapato e ficarmos livres dela o quanto antes. Você não está com tanta vontade de estudar depois, mas quando ver que ficaram as melhores matérias, o ânimo se renova na hora.

3. Aprenda a estudar

Existem diversos métodos de estudos, mas você precisa encontrar qual é o melhor para o seu estilo. Por exemplo, tem gente que só aprende copiando, tem gente que tem o caderno todo escrito e vai mal pra caramba nas provas. Resumindo, cada um precisa achar qual é a melhor forma de estudo.

Uma coisa bem bacana, e que tem fundamentação científica, são os resumos. Eles ajudam a fazer aquela revisão antes da prova sem precisar ler todo o assunto novamente — até porque você não terá tempo para isso na véspera.

4. Trace metas reais

Gente, olha só, se você tem mil e uma coisas para dar conta hoje, não tem como se programar para resolver 100 questões! Seja racional e realista, pés no chão nesse momento. Você pode ir fazendo as questões aos poucos e colocar uma meta mais baixa, como 20 ou 30 questões.

Não adianta criar uma meta incrível se você não pode cumprir. Isso só vai te deixar ainda mais frustrado por não conseguir alcançá-la. Dá também para traçar metas de médio prazo, por exemplo, resolver 150 questões por semana e diluir isso, determinando um número “X” de questões para fazer por dia.

Tá vendo como dá para fazer tudo se você estabelecer prioridades? Dá até mesmo para praticar aquele exercício que tanto gosta. Se gostou das nossas dicas, siga a gente nas redes sociais — Facebook e Instagram — e fique ligado em mais dicas legais como essas!

0

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here