Fotos OLHARR - http://facebook.com/olharr
Fotos OLHARR – http://facebook.com/olharr

Nois vai falar de uma coisa sensacional hoje: a Psicologia do Esporte. Psicoque???? Calma pimpolho, continua de olho que eu vou te contar a quantidade de vantagens e belezas existentes nesse universo.

A Psicologia do Esporte é um estudo um tanto quanto recente, um baby dos tempos modernos que como quase toda coisa inovadora, antes de se estabelecer sofre resistência. Mesmo com essa resistência, a Psicologia do Esporte vem procurando seu espaço no mercado e quem sabe assim, mostrar seu valor. E eu tô aqui hoje pra ajudar – um tiquin que seja – nessa batalha.

Primeiro eu queria falar de um clichezão que a gente vê por aí – não é porque eu tô chamando de clichê que tô dizendo que é mentira – que é: esporte é saúde. Será mesmo que nessa soma “sua vida” + “esporte” o saldo sempre é (saúde) positivo? Nós universitários, por exemplo, sofremos uma grande pressão da academia. Uma cobrança muitas vezes excessiva de materiais acadêmicos que deixa nois veri creizy.

Mas caaaalma, no fim do dia tem aquele treino maroto para descontrair, né não? Nem sempre. Muitas vezes o que acontece nesses espaços é mais cobrança! Tem que ter gol, tem que tá focado, tem que tá inteiro, precisa ganhar o amistoso, tem que melhorar o tempo, tem jogo semana que vem, vamo ganha porra! Só ganha quem treina…

“Ahh mas aí você tá viajando, isso é normal, é competitividade do esporte. Eu gosto, se não perde a graça.” E não é que concordo? Em partes, a competitividade deixa as coisas emocionantes, faz parte do mundo esportivo e muita coisa legal que aprendemos com ela. Porém, muitas vezes é ela em excesso que causa sofrimento, adoece ou então causa um esvaziamento nos treinos nas épocas de provas. Já pensou nisso? “Mas ow, onde você quer chegar com isso?” Ah mlk! Quero te apresentar quem é A pessoa para te ajudar com essa bagulha toda de saúde, pressão, sofrimento, esvaziamento dos treinos e outras coisitas mais! A PSICOLOGIA LINDA do ESPORTE. Essa profissional ai pode ajudar sua atlética e muito!

Como esse profissional atua:

Psicólogo do esporte não é só palestra motivacional não. Vou listar algumas das atividades que esse profissional pode/deve realizar:

– Preparação psicológica;

– Controle de ansiedade;

– Gerenciamento da concentração;

– Auxiliar o atleta a desenvolver sua capacidade emocional e psicológica;

– Prática clínica;

– Auxiliar a equipe técnica (trabalho multi/interdisciplinar). É aqui, principalmente, que o psicólogo pode ajudar a não acontecer mais o esvaziamento dos treinos em época de provas.

Ou seja, é o profissional que vai olhar e também ajudar a equipe técnica a olhar para o atleta sempre levando em consideração o ser humano e o ser atleta, o ambiente externo e o ambiente interno.

Isso leva tempo, por isso precisamos quebrar essa lógica que muitas vezes vemos na mídia de que o Psicólogo do Esporte atua pontualmente quando há um conflito em ebulição. Ele não deveria atuar nesses momentos, primeiro porque se ele já estivesse inserido na equipe estaria trabalhando para que esse conflito não existisse, segundo porque essa não é uma profissão que faz milagres (Sorry babys, a gente não tem aula de bola de cristal, previsão do futuro e leitura de mente). Mas temos aula de como incentivar e reforçar comportamentos, de como preparar psicologicamente o atleta para um novo desafio, de como se manter concentrado, de como manter o grupo unido e trabalhando em equipe. Temos acima de tudo muita vontade e acreditamos na importância dessa coisa maravilhosa que é viver o esporte!

Esse é um trabalho muito importante, um investimento a longo prazo que pode te surpreender e para isso acontecer você precisa de um bom profissional, uma equipe técnica que acredite e abra espaço para esse trabalho e tempo. O resto? Deixa a mágica dos jogos acontecer, bb!

Tweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here